BMP-3 1/35 UM

dscn1600

BMP-3 1/35 – da fabricante UM. Nunca montei nenhum kit da UM (comprei junto com o T-80), mas tenho uma leve impressão que, ou a UM é da SKIF ou segue a SKIF (comparando os kits do T-80 SKIF e desse BMP-3UM).

Digo isso pois o manual de instrução é idêntico, mesma simbologia – tanto montagem quanto pintura. Em ambos os kits os cabos de aço são moldados em vinil preto maleável e possuem o mesmo padrão incomum (não parecem com cabos de aço). Posso estar enganado… mas aparentemente são da mesma empresa.

BMP-3 1/35 – from the branding UM. I never built any UM’s kit (I bought with Skif’s T-80), but I have a little impression that or UM and SKIF are the same ou it follows SKIF (comparing the SKIF’s T-80 and this BMP-3)

I say this because the assembling instructions are identical, with the same simbols – as for the building as for the painting. In both kits the towing cables are molded in a kind of soft black vinil and they have the same incomun pattern (they really don’t look like towing cables). I might be wrong… but aparently they are the same company.

Sobre o kit: a qualidade da moldagem é muito superior ao T-80 da Skif, os detalhes são muito mais definidos e os encaixes são bons. Os únicos detalhes externos que eu adicionei foram as alças, feitas de arame de cobre e lâmina alumínio. Coloquei telas nas entradas de ar e cabos de energia. O kit vem com um interior extremamente simplificado, sem detalhe nenhum (mesmo assim já é um começo). O que eu fiz foi simplesmente preencher o vazio com equipamentos de uso da tripulação e infantaria. Pelo que eu li, o projeto do BMP-3 peca no fato do compartimento do motor atrapalhar o desembarque das tropas. Além disso cria um espaço interno inútil, muitas vezes utilizado pelos seus usuários como bagageiro (o que atrapalharia mais no desembarque).
Como o foco da maquete não era o interior, quis deixar algo visível e ao mesmo tempo que dificultasse a visão do interior… dá pra ver que tem interior, mas não conseguimos ver seus detalhes.

About the kit: the molding quality is far superior than Skif’s T-80. the details are sharper and the parts fitting quite good. The only external details that I improve were handles, done with copper wire and aluminun sheet. Ii placed nets on air intakes and some energy cables. The kit comes with an extremely simplified interior, with almost none detail (even so that’s a begining). What I did was simply fill that emptiness with equipment from the crew and infantry. Based on what I read, the BMP-3 has a design problem on its engine bay that interfere on the infantry landing. Besides, it creates an useless internal space that the crew use it to store supplies (worsening the landing).
Like my focus was not the interior I decided to leave something visible on the same time that get it harder to look deeper…

Para a pintura fiz um esquema sugerido no próprio manual de montagem, um veículo utilizado pelo exército russo (apesar de ser uma versão de exportação!?!). Esquema de três cores com bordas “duras”. Testei pela primeira vez os pigmentos da “MIG”. Fantástico, recomendo a todos. Se você se vira bem com pastel e acha que ele dá um resultado bom, sugiro que teste pelo menos uma vez esses pigmentos. Acredito que você irá preferir os pigmentos.
Comprei também o DVD da “MIG Productions”. Lá eles mostram passo a passo como usar os pigmentos e o fixador. Só tomem cuidado na hora de usar o fixador. Ele pode agredir a pintura. No meu caso usei tintas da Tamiya (recomendado pela MIG) e correu tudo bem. Infelizmente de que tive de usar verniz fosco para “matar” o brilho do verniz brilhante (aplicação dos decais). Esses vernizes racharam com o fixador do pigmento. Ainda não me acertei com esse processo. O único grande problema no kit foi uma peça tubular fixada em cima do tanque. Apesar de eu ter conferido as instruções (ele realmente está naquela posição) a torre do veículo bate um de seus equipamentos lá e impede ele de fazer o giro completo.
Acho que alguma coisa lá está superdimensionada ou a utilização desses equipamentos não pode ser feita simultaneamente… Faltou um pouco de pesquisa. Ainda não decidi se altero ou mantenho.

For the painting I did one suggested paint scheme – a vehicle in use by Russian Army (while it was an “exporting version”!!). A three tone hard edged. I tested for the first time the “MIG” pigments. Fantastic, higly recomended for everyone. If you like to use pastels and think it gives you a good result, I suggest you to test at least one time these pigments. I believe you will prefer the pigments. I bought a “MIG Productions” DVD too. There they show how to use the pigments and its fixer step by step. Just be carefull while using the pigment fixer. It could damage your paint work. In my case I used Tamyia acrilic paints (recommende by MIG) and everything went fine. Unfortunatly I had to use flat varnish to kill the glossiness of the gloss varnish (used on the decals). These varnishes cracked with the pigment fixer. I’m not right with this process yet. The only big problem with this kit was a cylindrical part assembled on the top of the tank. Although I’ve checked the instructions (it is really there) the tank’s turret hits one of its equipments there and make it impossible to do a complete turn. I believe something there is oversized or the use of this equipments could not be done simultaneously… Lacked a little research. Not yet decided whether change or maintain.

Já sobre o barro… ele fugiu do controle. Tentei um pouco e foi legal. Tive que fazer de novo pra colocar nas rodas e depois fiz pela terceira vez pra colocar nas esteiras… a sobreposição não ficou legal, não misturou e ficou lama demais!

Now about the mud… it run out of control. I tried a little and it was cool. I had to do again to put some on the wheels and did it for the third time to put on the tracks… this over layer was not good… it didn’t blend well and finished with too much mud!